Seu casamento como obra de arte: casar no Inhotim!

Foto: Gersiane Marques

Inhotim como cenário para ensaios de pré e pós wedding a maioria de nós já conhece. As paisagens exuberantes do museu criam uma atmosfera de sonho para as fotos, pois contam com uma coleção botânica impressionante, além de ser o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. Mas já pensou em dizer o “sim” em meio às suas galerias e jardins?

Casar no Inhotim pode ser uma ótima opção para quem planeja fugir dos espaços de festa mais tradicionais. E para os casais religiosos, oferece até mesmo uma igreja histórica da região! O espaço do museu pode ser usado para mini-weddings, casamentos diurnos, noturnos, e até mesmo o elopement de quem não pretende ir assim tão longe!

 

Fotos: Lutterbach Fotografia

O Inhotim é um museu que reúne obras de arte moderna e principalmente contemporânea em mais de 780 hectares, que incluem áreas de preservação e botânica. Está localizado na cidade de Brumadinho, a aproximadamente 55km de Belo Horizonte – de fácil acesso e próximo a diversas pousadas charmosas para os convidados!

 

Apesar de ser possível personalizar o evento entrando em contato com a equipe responsável pelo aluguel no Inhotim, são três as opções padrão para casamentos em Inhotim: o Restaurante Oiticica, o Espaço Igrejinha e o Deck do Tamboril, que também conta com o Bar do Ganso para recepção de convidados. É possível contratar o buffet do museu, fornecido por bistrô finíssimo e negociar a visita ao museu para os convidados do evento. Vamos abordar cada uma dessas questões, para as noivas e noivos que sonham com um grande dia que tenha tudo a ver com eles!

Sendo um espaço extremamente dispendioso em sua conservação, com datas exclusivas, relevantes acervos de arte contemporânea e a coleção botânica com espécies raras e de todos os continentes, pode parecer um investimento considerável – mas com a ajuda da assessoria certa, é totalmente possível!

Além disso, é necessário estar atento à programação do museu, para evitar transtornos no trânsito e na entrada dos convidados. Isso também é papel da assessoria: otimizar custos, auxiliar na escolha da data e evitar qualquer dor de cabeça!

E agora, vamos aos detalhes:

 

–          Restaurante Oiticica
Foto: Divulgação

Com um nome que homenageia a alegre obra de Hélio Oiticica, “Magic Square”, o restaurante é uma obra arquitetônica por si só. Também no estilo contemporâneo, está bem conectado ao verde do Inhotim, e é um espaço mega exclusivo! Para se ter uma ideia, lá só são abertas 10 vagas ao ano. Nada que um bom planejamento não torne possível, mas esteja atenta às suas particularidades:

  • Casamento apenas noturno! Fora do horário de visitação, pode se iniciar a partir das 17h, com no máximo 8h de duração.
  • Capacidade máxima de até 500 convidados, com montagem no dia do evento ou na véspera.
  • Buffet da escolha dos noivos, com a opção de contratar o buffet do Inhotim, mas sem a obrigação. No entanto, quem optar por um buffet externo, paga uma taxa de uso da cozinha.
  • Mobiliário do restaurante incluído.
Fotos: Luiza Ferraz

 

–          Espaço Igrejinha
Fotos: Luiza Ferraz

Esta igrejinha, além de charmosa, é parte da antiga história da região – completamente restaurada para receber eventos. O espaço de eventos ainda conta com uma estrutura de cozinha, bar e sanitários. Os horários e datas são mais flexíveis, mas a capacidade para convidados é um pouco mais limitada do que no restaurante:

Foto: Luiza Ferraz
Foto: Luiza Ferraz

 

Casamentos diurnos:

  • Duração máxima de 5 horas, terminando no máximo às 16h30.
  • Capacidade de até 100 pessoas, com montagem no dia do evento. A taxa de visitação do convidados ao museu é negociável.

Casamentos noturnos:

    • Duração máxima de 8h, a partir das 17h.
    • Capacidade de até 250 pessoas, com montagem no dia ou na véspera.

Para os dois:

  • Buffet da escolha dos noivos, com a opção de contratar o buffet do Inhotim, mas sem a obrigação. No entanto, quem optar por um buffet externo, paga uma taxa de uso da cozinha.
  • Mobiliário existente, mas sujeito à disponibilidade: é necessário combinar antes!

Fotos: Luiza Ferraz

 

–          Deck do Tamboril e Bar do Ganso
Foto: William Gomes

Esse espaço é para quem planeja um mini-wedding! Bem intimista, às voltas dos jardins maravilhosos do Inhotim, ele abriga apenas algumas dezenas de pessoas. O deck normalmente é utilizado para a cerimônia, enquanto o bar – anexo ao restaurante Tamboril, nome que homenageia árvore centenária nas proximidades – fica para a recepção. O bar também é considerado uma obra artística, sendo idealizado pelo designer Paulo Henrique Bicalho Pessoa, conhecido como ganso, para remeter aos anos 50 e 70. O destaque do ambiente vai para a iluminação e luminárias do artista.

Foto: Rossana Magri
Foto: William Gomes
  • Casamentos apenas diurnos! Com horário de funcionamento de 9h às 16h30, pode ser alugado por 3 horas no Deck do Tamboril (incluindo montagem) e 3 horas no Bar do Ganso.
  • Capacidade de até 40 pessoas. Não inclui visitação dos convidados, o que é negociável à parte.
  • Buffet exclusivo.
  • O aluguel do Bar do Ganso inclui mobiliário. O Deck do Tamboril não possui mobiliário.
Fotos: Ricardo Malla
Foto: Alexandra Aranovich
Foto: Ricardo Malla
Foto: Alexandra Aranovich

 

E aí? Algum desses espaços tem tudo a ver com você? Nós da JV eventos também adoramos o Inhotim e temos a experiência necessária para realizar o seu casamento, como você sonhou, neste e em outros lugares incríveis! Agende um horário para conversar conosco, mande um e-mail ou solicite um orçamento pelo nosso site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *